SEGURANÇA

  • 02/08/2019 (04:22:50)

​ SUPOSTA TENTATIVA DE ASSALTO EM PELOTAS

Morre policial civil baleada na BR-116

Cristina Gonçalves Lucas, 38 anos, estava saindo de férias com a família quando foi abordada

Imagem: Reprodução/RBSTV

A Polícia Civil confirmou, na noite desta quinta-feira, que a policial baleada na cabeça, durante tentativa de assalto em Pelotas, teve morte encefálica confirmada no Hospital de Pronto Socorro da cidade. Cristina Gonçalves Lucas, de 38 anos, estava viajando de Rio Grande para Porto Alegre, em férias.

Eles teriam sido abordados por volta da 1h na BR 116, altura do bairro Fragata. O marido dela, soldado do 6º BPM, dirigia o veículo que, segundo depoimento, foi fechado por um Ford Fiesta com placas de Canguçu.

Um criminoso teria saído do carro e disparado imediatamente contra os policiais. Cristina foi baleada na cabeça. Também estavam no carro os filhos, de 1 e 9 anos, e a mãe da policial civil.

A família planejava embarcar em Porto Alegre para Goiás, numa viagem de férias. "A Polícia Civil se solidariza com a dor dos familiares, policiais e amigos, diante desta perda irreparável", frisou nota da corporação.