ESPORTES

  • 08/08/2019 (22:26:28)

  • Assessoria / Atlântico

  • Fotógrafo: Edson Castro / Atlântico

TAÇA BRASIL DE FUTSAL – 4ª RODADA

ACBF venceu a Portuguesa e é a segunda equipe finalista


A ACBF, de Carlos Barbosa (RS), é o segundo time classificado para as semifinais da Taça Brasil de Clubes de Futsal 2019. Nesta quinta-feira, em Erechim, RS, que sedia o torneio durante esta semana, a equipe gaúcha venceu a Portuguesa (RJ) por 4 a 2 e chegou ao nove pontos, não podendo mais ser alcançado por adversários que estão com menor pontuação, a uma rodada do final da primeira fase.

A ACBF encostou no Corinthians, que também venceu nesta quinta e soma nove pontos. Os dois times, aliás, se enfrentam na última rodada, nesta sexta-feira, dia 9, às 20h, no Ginásio Caldeirão do Galo, em Erechim. Quem vencer, avançará às semifinais como o líder do Grupo B.

Já a Portuguesa que somou quatro pontos nas rodadas anteriores, se despede do torneio sem chances de chegar a semifinal. Os dois classificados do Grupo B encaram os dois que avançam pelo Grupo A, que será definido somente nesta sexta-feira.

A ACBF e o Corinthians são os únicos dois times com 100% de aproveitamento até aqui na competição.


 O jogo

A partida começou bastante equilibrada. A Portuguesa conseguia afastar as principais jogadas ofensivas da ACBF e com isso se manter viva no jogo. Porém, a  9min03, Julio Zanotto arriscou de fora da área e abriu o placar: 1 a 0 ACBF.

A Lusa carioca empatou em seguida. Aos 10min55, após roubada de bola no ataque, Tuca Ribeiro surgiu para marcar o gol: 1 a 1.


Já na etapa final, a ACBF passou a ter maior posse de bola e criou as principais oportunidades. Foram inúmeras chances perdidas no ataque, entre chutes para fora ou defesas do goleiro carioca.

Selbach acertou a trave aos 5min57. E o próprio Selbach colocou novamente a equipe de Carlos Barbosa em vantagem, aos 11min46.

A 15min26, foi a vez de Julio Zanotto marcar o segundo dele no jogo, o terceiro da ACBF. Mas a Portuguesa não se abateu. Passou a atuar com goleiro linha e aos 16min31, na troca de passes no ataque, Douglas Risi recebeu dentro da área para desviar e fazer o segundo dos cariocas.

Mas nos últimos segundos, Douglinhas achou espaço para fechar o placar em 4 a 2 em favor da ACBF.