ECONOMIA

  • 17/08/2019 (08:51:10)

  • Repórter: Rádio Gaúcha

"A CAIXA-PRETA DO BNDS”

Empresários compraram 130 jatinhos com dinheiro do banco

Em entrevista ao Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, o presidente do BNDS, Gustavo Montezano disse " Você pega dinheiro do trabalhador e, travestindo de uma política econômica, dá dinheiro a juro quase zero a quem já é milionário". Também falou sobre obras financiadas em outros países e prometeu divulgação desses investimentos. 

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, afirmou que empresários utilizaram financiamentos do banco para adquirir cerca de 130 jatinhos. De acordo com Montezano, os empréstimos foram concedidos aos interessados, especialmente, no período entre 2009 e 2013, e os dados precisos serão divulgados na próxima semana, segundo a publicação da Rádio Gaúcha.

— O caso dos jatinhos é, mais uma vez, a política (de incentivo) dos campeões nacionais ou dos amigos do rei. Você pega dinheiro do trabalhador e, travestindo de uma política econômica, dá dinheiro a juro quase zero a quem já é milionário. Para financiar jatinhos... Para empresários brasileiros… Você tem uma crise econômica, o Brasil está entrando em colapso, aí você pega o dinheiro do trabalhador brasileiro e você empresta a juro quase zero para uma pessoa milionária, bilionária, comprar jatinhos. (Foram comprados) Cerca de 130 jatinhos — afirmou Montezano, em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, nesta sexta-feira (16).

O presidente do BNDES, contudo, disse não saber ainda se os nomes das empresas que tomaram os empréstimos para compra dos aviões serão divulgados.

— A gente está vendo se pode divulgar os nomes dos tomadores, e os tomadores são empresas. Não são pessoas físicas. Mas, pela empresa, você consegue deduzir quem é o dono daquele jatinho — afirmou Montezano, confirmando que os empréstimos foram pagos corretamente.
Montezano também disse que a sua gestão fará uma divulgação dos empréstimos que financiaram obras em outros países.
— Esse é um dos capítulos mais tristes, que é a gente pegar dinheiro do trabalhador brasileiro e construir portos e rodovias em outros países — disse ele.

Na quinta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro já havia afirmado, em uma transmissão ao vivo em redes sociais, que vai revelar quem comprou jatinhos com recursos do banco. Bolsonaro vem repetindo desde a campanha eleitoral que o BNDES tem uma “caixa-preta” que precisa ser aberta, em referência à suposta falta de transparência da instituição em governos anteriores.