GENTE

  • 18/08/2019 (21:31:12)

  • Correio do Povo

SOLIDARIEDADE

Mãe que entregou filho ao Conselho Tutelar recebe apoio e solidariedade


Carioca, ela chegou há um mês em Porto Alegre, mas não conseguiu trabalho e nem escola para menino de quatro anos

Com o filho de quatro anos nos braços, a carioca de 42 anos agradece a onda de solidariedade que se formou depois que a reportagem do Correio do Povo acompanhou o seu drama, no início da noite da última quinta-feira. Assustada, com os olhos inchados depois de chorar, ela chegou ao plantão do Conselho Tutelar de Porto Alegre, no bairro Rio Branco, pedindo um abrigo para o menino porque ela estava desempregada e sem ter condições de cuidar dele. As conselheiras então, acolheram o garoto, e, pela primeira vez, ela dormiu sem o pequeno nos braços.

A dor daquele momento ainda está nas palavras aceleradas da mulher. “Eu estava desesperada. Agora, as coisas estão se ajeitando. Ainda não sei o que vai acontecer, sei que as pessoas estão depositando valores em minha conta e muitos contatos estão sendo feitos com o conselho. Nesta segunda é que vou lá, ver o que está acontecendo”, detalhou. Desde sexta-feira ela está em um apartamento “cedido” por uma pessoa que ficou sensibilizada com sua história, no bairro Cidade Baixa. “Alguém alugou esse espaço para que eu pudesse pegar o meu filho, por três dias. Alguém viu a situação que eu estava enfrentando e me ajudou. Não sei quem foi, mas só tenho a dizer, muito obrigada. Sou eternamente grata".