SEGURANÇA

  • 29/08/2019 (10:43:54)

  • Correio do Povo

  • Fotógrafo: Paulo Fischer / RICTV Record TV / CP

VIOLÊNCIA

Vigilante é morto em assalto a ônibus de excursão gaúcha para São Paulo

Assalto ocorreu na BR 116, em Campina Grande do Sul, na região Metropolitana de Curitiba


Um vigilante morreu e outro ficou ferido em ataque no Paraná a dois ônibus de excursão que saíram do Rio Grande do Sul. O assalto ocorreu na noite dessa quarta-feira no km 42 da BR 116, no município de Campina Grande do Sul, região Metropolitana de Curitiba. O comboio viajava para São Paulo, onde os gaúchos fariam as compras no bairro Brás.

Uma escolta armada acompanhava os coletivos que foram interceptados por uma quadrilha fortemente armada até com fuzis, com os rostos cobertos e utilizando quatro carros.  Houve confronto e os dois seguranças, ambos catarinenses, foram baleados. Em seguida, os criminosos saquearam cerca de 60 passageiros, sendo roubados dinheiro, cartões, documentos, celulares e outros pertences, de um dos ônibus. Alguns foram agredidos pelos assaltantes e até disparos foram dados dentro dos coletivos. A viagem havia sido organizada pela MHT Turismo de Pelotas.

Após a fuga, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e realizou buscas na região junto com o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Paraná. Um dos carros usados pela quadrilha, um Chevrolet Cobalt, foi abandonado e está sendo periciado. Já a concessionária da rodovia Auto Pista Regis Bittencourt foi mobilizada para o atendimento médico e socorro das vítimas.

O Hospital Angelina Caron de Curitiba confirmou a morte do vigilante que foi atingido com três tiros, sendo dois no abdômen e um na cabeça. Ele foi identificado como Paulo Coelho, 30 anos. Era casado, pai de uma criança e aguardava a chegada de gêmeos nos próximos meses. Já o outro segurança ficou ferido em uma das pernas no tiroteio. O trecho da estrada ficou parcialmente bloqueado durante o atendimento da ocorrência.

Conforme a empresa que promoveu a excursão de compras, dois ônibus com comerciantes da região sul saíram de Pelotas às 2h de quarta-feira. O assalto ocorreu por volta de 18h15mim. "Nenhum passageiro se machucou, apenas um levou um tapa de bandido, mas estamos consternados pela morte do segurança Paulo Coelho", disse a proprietária da empresa Maria Timm.  Em um dos ônibus havia 35 passageiros no outro 23. "Várias empresas de ônibus  já foram assaltadas naquele local, a minha é a primeira vez que passou por isto", lamentou.