GENTE

  • 02/09/2019 (17:39:05)

  • GZH

  • Fotógrafo: Facebook / Arquivo Pessoal

LINDA HOMENAGEM

Socorrista faz homenagem ao menino de seis anos morto em acidente

O menino Lorenzo que morreu em acidente em Soledade queria ser bombeiro

Everton, Lorenzo e Jaqueline - Arquivo Pessoal


O acidente que vitimou seis pessoas da mesma família na BR-386, em Soledade, também comoveu a equipe de bombeiros que atendeu a ocorrência. Um dos socorristas Patrick Dipp da Silva, 32 anos, descobriu que o menino de seis anos que morreu, Lorenzo Geraldi, tinha o sonho de ser bombeiro.

Em um encontro com o tio do menino, Jackson Amaral Erohin, 42 anos, entregou a medalha que recebeu quando se formou no curso da profissão para que fosse enterrada junto com Lorenzo.

— Ele (Jackson Amaral Erohin) disse que queria me ver, que estava em Soledade e queria me dar um abraço. Então tive a ideia de dar a ele uma medalha que tenho, que ganhei como homenagem quando me formei no curso de Bombeiros. Disse que era para ficar com o Lorenzo. Era uma lembrança da formatura, e agora é uma última homenagem a ele.

Erohin descobriu que Silva atendeu a ocorrência que vitimou seis pessoas de sua família através de uma postagem em uma rede social. Após o acidente, o bombeiro escreveu sobre o fato. Ele afirma que costuma escrever sobre os acidentes que atende, porque lida melhor com a rotina dessa forma.