ESPORTES

  • 06/09/2019 (23:39:49)

  • GZH

  • Fotógrafo: Michael Reaves / GETTY IMAGES/AFP

EM MIAMI - EUA

Brasil empata com a Colômbia em 2 a 2

Sem a pressão de um jogo valendo pontos, Brasil e Colômbia adotaram posturas ofensivas e pecaram na marcação no Hard Rock Stadium.


A Seleção Brasileira voltou a campo na noite desta sexta-feira (6) após a conquista da Copa América e empatou por 2 a 2 com a Colômbia, nos Estados Unidos, em amistoso que marcou a volta de Neymar. O camisa 10 teve participação nos dois gols, deu a assistência para Casemiro no primeiro e anotou o segundo. Luis Muriel fez os dois gols colombianos.  Sem a pressão de um jogo valendo pontos, Brasil e Colômbia adotaram posturas ofensivas e pecaram na marcação no Hard Rock Stadium. O resultado disso foi um primeiro tempo bastante movimentado e com três gols.

A Colômbia teve as primeiras finalizações da partida, com Róger Martínez e Mina, ambas de cabeça, mas não acertou o alvo. O Brasil foi certeiro. Em sua primeira oportunidade, a Seleção Brasileira abriu o placar, e teve o pé de Neymar. O camisa 10 bateu escanteio do lado direito e Casemiro subiu mais alto que Tesillo para o 1 a 0 logo a 19 minutos.

A vantagem brasileira, porém, durou pouco. Aos 24, Alex Sandro levantou demais o pé acertou o peito de Luis Muriel na área: pênalti. O próprio Muriel foi para a cobrança e empatou a partida.

O jogo seguiu aberto após o 1 a 1 e Richarlison quase colocou o Brasil novamente na frente. Ele deu um belo corte em Tesillo e bateu de perna esquerda, mas a bola passou raspando a trave.

A resposta da Colômbia foi em grande estilo. Em uma jogada de contra-ataque, Róger Martínez deu um chapéu em Marquinhos ainda no meio de campo. Ele avançou e tocou para Zapata, que serviu Muriel. O camisa 19 teve tranquilidade para dominar e bater na saída de Ederson para marcar seu segundo gol no jogo: 2 a 1, placar final do primeiro tempo.

A partida aberta da etapa inicial mudou na volta do intervalo. Em vantagem, a Colômbia recuou e passou a tentar segurar o resultado. O time colombiano, em alguns momentos, fazia uma marcação mais forte, como a entrada dura de Barrios em Richarlison aos 8 minutos.

A postura defensiva da Colômbia não funcionou por muito tempo. Aos 12, o Brasil, que pressionava, chegou ao empate em lance que teve a participação dos dois principais jogadores brasileiros. O capitão Daniel Alves apareceu na área e cruzou na medida para Neymar, que só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio: 2 a 2.



O gol deu maior confiança para Neymar. Mesmo fora de ritmo, ele assumiu mais o jogo e protagonizou alguns belos lances no segundo tempo. O camisa 10 ainda pediu pênalti após um empurrão de Dávinson Sánchez na área colombiana. O árbitro norte-americano Ismail Elfath, no entanto ,ignorou as reclamações e marcou apenas tiro de meta para os colombianos.

Sem o pênalti, o jogo seguiu em 2 a 2 até o placar final. Mesmo que a vitória não tenha vinda, ficou de positivo para a Seleção Brasileira a boa volta de Neymar, com gol e assistência. O Brasil agora volta a campo para enfrentar o Peru, na quarta-feira (0h), em Los Angeles. 

Amistoso internacional BRASIL (2) Ederson; Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (David Neris), Roberto Firmino (Lucas Paquetá) e Neymar. Técnico: Tite.

COLÔMBIA (2) Ospina: Medina (Orejuela), Dávinson Sánchez, Yerri Mina e Tesillo; Barrios, Mateus Uribe (Jefferson Lerma) e Cuadrado (Moreno); Luis Muriel (Berrío), Duván Zapata (Borré) e Róger Martínez (Luis Díaz). Técnico: Carlos Queiroz.

GOLS: Casemiro (B), aos 19, Muriel (C), aos 24 e aos 33 do primeiro tempo; Neymar, aos 12 do segundo tempo. 

CARTÕES AMARELOS: Casemiro (B) 

ARBITRAGEM: Ismail Elfath, auxiliado por Corey Parker e Adam Wieckowski (trio dos EUA) LOCAL: Hard Rock Stadium, em Miami (EUA) 

PÚBLICO: 66.232 torcedores