EDUCAÇÃO

  • 11/09/2019 (20:35:15)

  • GZH

  • Fotógrafo: Portal Mec

BOLSAS CAPES

MEC anuncia o desbloqueio de 3.182 bolsas da Capes

Ministro Abraham Weintraub anunciou a liberação de R$ 22,4 milhões para 2019 e R$ 600 milhões para 2020


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou, nesta quarta-feira (11), em entrevista coletiva, a retomada dos pagamentos de bolsas de estudo da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

— O pessoal que alardeou que acabou a pesquisa no Brasil vai ter que se retratar. Acabamos de voltar da Economia (Ministério da Economia) e achamos a solução para um problema. Vamos retomar as bolsas da Capes para os programas notas 5, 6 e 7 — disse Weintraub ao lado do presidente da Capes, Anderson Ribeiro Correia.  

 A reunião não contou com a presença de Paulo Guedes, ministro da Economia. Serão liberadas 3.182  bolsas da Capes, sendo 1.068 para programas com notas 5, 1.052 para notas 6 e 1.062 para quem atingiu 7. Segundo o ministro, representa liberação de R$ 22,4 milhões neste ano e cerca de R$ 600 milhões em 2020. 

— Novas bolsas estão sendo abertas. Nós só vamos dar a bolsa se tivermos convicção de que teremos dinheiro para pagar — destacou o ministro.

 Conforme o titular da Educação, quem já estava fazendo pesquisa “tem os recursos garantidos até o final das pesquisas deles”. Weintraub reforçou ainda que esse recurso é para quem possui notas superiores a cinco.

O ministro não deu detalhes sobre a origem dos recursos que serão liberados. O presidente da Capes, Anderson Ribeiro Correia, disse que existem 200 mil bolsas de estudo atualmente, sendo 92 mil de pós-graduação (mestrado, doutorado e pós-doutorado) e mais de 100 mil na Educação Básica. As 3.182 anunciadas nesta quarta se somam a essas.

— Parte das bolsas será liberada em outubro, parte em novembro e dezembro. A universidade que vai decidir essa implementação — explicou Correia.

Ele disse ainda que outras negociações estão sendo feitas dentro do governo para que novos editais possam ser liberados. A Capes cortou desde o início do ano 11.811 bolsas de estudo. Com a liberação de 3.182 nesta quarta, 8.629 seguem bloqueadas.