SAÚDE

  • 16/09/2019 (15:16:09)

  • Repórter: Assessoria/HCE

  • Fotógrafo: Divulgação

HOSPITAL DE CARIDADE DE ERECHIM

UTI Adulto do HC aproxima contato com familiares dos pacientes

Entre as mudanças, está o fato de que informações sobre pacientes internados só serão repassadas pessoalmente; e não mais por telefone


Buscando aproximar ainda mais o contato com os familiares dos pacientes internados na Unidade de Tratamento Intensivo, o Hospital de Caridade de Erechim estabeleceu novas orientações sobre visitas e a obtenção de referências na UTI.

Entre as medidas - divulgadas em um folder que já está disponível aos usuários da instituição -, destaca-se o fato de que notícias sobre diagnóstico médico, resultados de exames, necessidade de procedimentos, tratamento cirúrgico e prognóstico serão repassadas pelo médico responsável ou plantonista. As informações gerais sobre o paciente serão dadas pelo enfermeiro(a) pessoalmente, durante os horários de visita e preferencialmente a um familiar responsável que represente os demais, sendo que, por medida de segurança, as ligações telefônicas não serão mais direcionadas à UTI, considerando a importância e necessidade de concentrar a atenção e o foco da equipe aos cuidados com o paciente.

Confira outras informações sobre o funcionamento da UTI Adulto do HC:

Horários:

Segunda a sexta-feira: 12h15min às 12h45min; 16h30min às 17h; 20h30min às 21h

Sábados, domingos e feriados: 12h15min às 12h45min; 16h30min às 17h

Saiba mais:

- Serão permitidos até três visitantes por paciente em cada horário, preferencialmente, membros da família, com revezamento individual. O número de visitas sobe para quatro, nas quartas-feiras, quando acontecem as Vistas Humanizadas/Grupo Familiar;

- Para manter a privacidade dos pacientes e evitar infecção cruzada (de um paciente para outro) é permitida a visita apenas ao paciente familiar;

- Não é permitida a entrada de crianças de até 12 anos;

- Para garantir mais segurança e a eficiência do serviço, o contato com a equipe da UTI, a fim da obtenção de informações, deverá ser feito pessoalmente; sendo que as ligações telefônicas não serão mais direcionadas à Unidade de Tratamento Intensivo;

* Importante: as informações dos pacientes serão repassadas apenas ao familiar responsável pela internação.