AGRICULTURA

  • 19/09/2019 (15:28:36)

  • Repórter: Assessoria/Emater

ERVA MATE TEM BAIXA PRODUTIVIDADE NO ALTO URUGUAI

Barão de Cotegipe e Getúlio Vargas sediam Tarde de Campo sobre Erva-Mate

O município de Barão de Cotegipe é o maior produtor, com 1.152 ha e Getúlio Vargas possui 370 ha.

Nas últimas terça e quarta-feira (17 e 18/09), foram realizadas capacitações sobre erva-mate para produtores e técnicos nos municípios de Barão de Cotegipe e Getúlio Vargas, com a presença de 150 participantes. Em Barão de Cotegipe, o prefeito Vlademir Farina e o gerente adjunto da Emater/RS-Ascar de Erechim, Marcos Gobbo, prestigiaram a atividade.

As tardes de campo foram coordenadas pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Luiz Angelo Poletto, e pelos escritórios municipais de Barão de Cotegipe e Getúlio Vargas, têm o objetivo de qualificar os produtores nas podas de formação, produção e manejos dos ervais.

A região do Alto Uruguai possui em torno de 7 mil ha de erva-mate e baixa produtividade por hectare, em torno de 500 arrobas/ha/ano. A região possui o 2º polo agroindustrial de erva-mate do RS. O município de Barão de Cotegipe é o maior produtor, com 1.152 ha, e Getúlio Vargas possui 370 ha. As práticas realizadas no campo forma ministradas pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Ilvandro Bareto de Melo, coordenador Técnico do Projeto Erva-mate.