ECONOMIA

  • 26/09/2019 (22:02:06)

  • Repórter: Antonio Grzybowski/Assessoria

  • Fotógrafo: Antonio Grzybowski/Assessoria

CRERAL - MEIO SÉCULO DE ENERGIA

Na Assembleia Legislativa, deputado Paparico Bacchi destaca homenagem à Creral

"O parlamento gaúcho tem o dever de enaltecer os bons exemplos de gestão e desenvolvimento”, afirma o orador do grande expediente promovido pela Assembleia Legislativa

O parlamento gaúcho, por meio de grande expediente proposto pelo deputado Paparico Bacchi, homenageou a Cooperativa Regional de Eletrificação Rural do Alto Uruguai (Creral). Em seu pronunciamento o líder da bancada do Partido Liberal na Assembleia Legislativa, destacou o histórico da instituição cooperativa e anunciou a criação de um projeto de lei que propõe o incremento da política estadual de apoio ao cooperativismo.

A Creral atua nos ramos de energia e telecomunicações e completou 50 anos no mês de julho. No grande expediente os parlamentares reconheceram o pioneirismo e importância da cooperativa no desenvolvimento social e econômico de uma grande região.

“Em tempos difíceis para o nosso Estado e para o Brasil, entendo que o parlamento gaúcho tem o dever de enaltecer os bons exemplos de gestão e desenvolvimento, especialmente este modelo de sistema cooperativo adotado pela Creral. A capacidade de organização no campo, transformou a vida de inúmeras famílias na região Norte do Rio Grande do Sul e levou esperança para homens, mulheres e crianças que viviam na escuridão de propriedades rurais distantes dos centros urbanos”, ressaltou o deputado proponente da homenagem e orador.

Sobre a Creral

A Creral foi fundada em 23 de julho de 1969 a partir da união de 396 pequenos agricultores e mobilização de prefeitos de 21 municípios das regiões do Alto Uruguai, Produção e Nordeste do Rio Grande do Sul.

“Naquele tempo, senhor presidente, quando a noite chegava as famílias acendiam lampiões alimentados com querosene, banha de porco, ou usavam velas para iluminar o ambiente familiar e proteger os filhos na escuridão das longas noites. A luz elétrica representava apenas o sonho de conforto que alimentava a imaginação dos colonizadores de mãos e braços calejados pelo trabalho árduo, que aravam a terra com juntas de boi para tirar o próprio sustento. Passados 50 anos, podemos afirmar que a Creral representa a concretização dos ideais de desenvolvimento, pois a eletrificação rural gerou novas oportunidades no interior ao ser usada como ferramenta de produção”.

Após meio século de história a Creral consolida-se como uma das cooperativas de infraestrutura mais importantes do Brasil, pois ampliou a oferta de serviços. Além da distribuição de energia em 37 municípios do Norte gaúcho, a Creral investe na construção de usinas elétricas e termoelétricas. Também oferece internet urbana e rural para 17 mil clientes espalhados em 17 municípios e gera 150 empregos diretos, responsáveis pela construção de 1.860 quilômetros de redes elétricas e instalação de 2.435 transformadores.

O próximo desafio, segundo o presidente Alderi do Prado, é atuar na geração e distribuição de energia fotovoltaica.

Sobre a homenagem

O presidente Alderi do Prado, salientou que a homenagem enaltece o trabalho que a cooperativa realiza em todo Estado. “Trabalhamos com muita seriedade e determinação para melhorar, qualificar e modernização o serviço prestado pela cooperativa ao londo dos anos. Estamos muito felizes por este momento histórico proporcionado pelo deputado Paparico Bacchi, que reconheceu no Parlamento Gaúcho a importância e forte participação do cooperativismo no desenvolvimento do Rio Grande do Sul, com ênfase no setor de eletrificação rural.

No ato, parlamentares de diversas bancadas reconhecerem o trabalho prestado pela Creral como referência no Estado. O legislativo do município de Erechim foi representado pelo vice-presidente da Câmara de Vereadores, Mario Rossi, que destacou a contribuição no desenvolvimento social, cultural e econômico proporcionado pela cooperativa.

Cooperativas de infraestrutura podem receber incentivos

Para marcar o grande expediente em homenagem à Creral, o deputado Paparico Bacchi anunciou o projeto de lei de sua autoria, que altera a lei estadual do cooperativismo. A proposição acrescenta o objetivo de promover a ampliação dos serviços de energia elétrica e internet aos pequenos municípios do Estado, através da atuação de cooperativas de infraestrutura, que desenvolvem suas atividades nos setores de energia elétrica e de telecomunicações.

“O exemplo da Creral motivou minha reflexão sobre a importância e demandas do sistema cooperativo. No passado a eletrificação rural transformou vidas e o cenário do campo. Porém, em pleno século 21, muitas comunidades carecem deste serviço e as gerações mais novas sonham com a internet. Entendo que o parlamento gaúcho tem a obrigação de defender esta causa. Importante ressaltar todos aqueles que moram e trabalham no meio rural, merecem maior atenção do poder público, que deve, inclusive por obrigação constitucional, criar as condições necessárias para que essas pessoas possam viver com dignidade, produzir e se conectar com o mundo”, destaca Paparico Bacchi na justificativa do projeto de lei.

Apartes

Diversas deputados usaram os espaços de liderança para registrar apartes ao pronunciamento do deputado Paparico Bacchi. Airton Lima (PL), Elton Weber (PSB), Luciana Genro (PSOL), Fábio Ostermann (Novo), Sebastião Melo (MDB), Luiz Fernando Mainardi (PT), Luiz Henrique Viana (PSDB), Fran Somensi (Republicanos), Frederico Antunes (PP) e Aloísio Classmann (PTB) se somaram à homenagem por meio de apartes. A solenidade também foi acompanhada pelo ex-ministro dos Transportes Odacir Klein, um dos fundadores da Creral, e pelo secretário-adjunto da Casa Civil, Bruno de Freitas, além de lideranças políticas e representes de entidades de agricultores da região do Alto Uruguai.

Presenças

Além da direção executiva, conselheiros e associados da Creral, diversos prefeitos, vereadores, secretários municipais e representantes de entidades e instituições de diversos segmentos, também marcaram presença.