EDUCAÇÃO

  • 30/09/2019 (16:56:31)

  • Portal MEC

  • Fotógrafo: Divulgação

PRAZO PRORROGADO

Prazo final para bolsas remanescentes do ProUni é prorrogado até 4 de outubro

As vagas ficam disponíveis por conta da desistência de candidatos pré-selecionados


Candidatos matriculados em instituições privadas de ensino superior ganharam mais tempo para concorrer às bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni). O prazo de inscrições foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC) até 4 de outubro. 

A previsão inicial de encerramento era nesta segunda-feira, 30 de setembro. As inscrições devem ser realizadas no site do programa. As bolsas remanescentes são mais uma chance para quem não foi contemplado nas primeira e segunda chamadas, além da lista de espera. 

 As vagas, voltadas para o segundo semestre do ano, ficam disponíveis por conta da desistência dos candidatos pré-selecionados ou falta de documentação, por exemplo. Podem concorrer às bolsas remanescentes do ProUni:

  • brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota superior a 450 pontos e sem ter zerado a prova de redação;

  • professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e que não tenham participado do Enem podem se inscrever às bolsas de estudo em cursos de licenciatura.

Nesta etapa, não há chamadas ou nota de corte diária. A ocupação das bolsas é realizada conforme a ordem de inscrição. Ao concluir a inscrição, a bolsa automaticamente é reservada ao candidato.Quem for selecionado deverá comparecer à instituição de ensino nos dois dias úteis subsequentes ao da inscrição para comprovar as informações prestadas.

O edital com o cronograma e demais procedimentos relativos à oferta de bolsas remanescentes do programa foi publicado na edição de 26 de julho do Diário Oficial da União (DOU). ProUni – O Programa Universidade para Todos tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas. 

O ProUni oferece, em contrapartida, isenção de tributos àquelas instituições que aderem ao programa. Dirigido aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de até três salários mínimos, o ProUni conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo. 

Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para assegurar inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.