EDUCAÇÃO

  • 01/10/2019 (15:31:12)

  • Asscom SC

  • Repórter: Nova Escola

PRÊMIO EDUCADOR NOTA 10

Educadora do Ano de 2019 é do Rio Grande do Sul

Joice Lamb, de 47 anos conquistou a preferência dos jurados através do seu projeto "#AprendereCompartilhar – Escola inovadora"

Mariana Pekin


A educadora Joice Lamb, de Nova Hamburgo (RS), recebeu na noite desta segunda-feira (30) o prêmio de Educadora do Ano de 2019. A divulgação foi feita na já tradicional cerimônia de premiação do Prêmio Educador Nota 10, realizada na Sala São Paulo, no Centro da capital paulista. Sob a coordenadoria pedagógica de Joice, a equipe de professoras do ensino fundamental da EMEF Profª Adolfina J. M. Diefenthäler, de Novo Hamburgo, tirou do papel o projeto "#AprendereCompartilhar – Escola inovadora", centrado na valorização do trabalho coletivo.

O projeto atinge várias disciplinas, incluindo atividades que reúnem alunos de diferentes anos em momentos extraclasse, com o #ForaDaCaixa, uma atividade semanal onde os estudantes são divididos em grupos para fazerem oficinas com um professor diferente a cada encontro.

 “Nós temos que ouvi-los, eles têm muito a dizer e muitas vezes nós não o ouvimos. Depois disso, propor atividade que o protagonismo e autoria sejam importantes, porque esses alunos conseguem muito”, disse. “Se eles não conseguem sonhar, a gente tem que sonhar junto com eles”. 


Nova Escola/Divulgação


Professora da rede pública estadual de SC recebe Prêmio Educador Nota 10

O trabalho de Jussara Cristina Vandalen Schmitz, professora da rede pública estadual, da Escola de Educação Básica Frei Godofredo, em Gaspar, no Vale do Itajaí, foi um dos 10 vencedores da edição 2019 do Prêmio Educador Nota 10, considerado um dos mais importantes da educação brasileira.

Jussara foi reconhecida pelo projeto Costurando Matemática. Ela e os alunos perceberam que a maioria das famílias da turma tinham costureiras. Então, a professora elaborou o projeto e levou os alunos a algumas facções de costura para conhecer o cotidiano das profissionais. Ao voltar à escola, trabalharam as operações matemáticas, probabilidade, estatística e medidas. 

 “O projeto foi desenvolvido em 2018, mas ele é uma prática replicável a outras realidades. Esse valor ao ofício das costureiras e à realidade dessas crianças é muito importante. Eu acredito que é influenciando socialmente que se faz uma educação de qualidade”.



A educadora Patrícia Barreto foi escolhida na votação popular #EsseProjetoé10


 Ela é professora de Língua Portuguesa do 3º ano do Ensino Médio no Instituto Federal do Rio Grande do Norte, em Nova Cruz (RN).

A partir de registros fotográficos de problemas sociais identificados na cidade pelos alunos e outras imagens de denúncias sociais trazidas pela professora, Patrícia debateu essas questões aprofundando com os alunos estratégias de aprimoramento de argumentação, a produção de um artigo de opinião e a produção de um podcast para divulgar as ideias dos estudantes. 

“Eu sou o exemplo que a Educação pública de qualidade pode transformar vidas”, disse a educadora na premiação. “Não podemos matar a nossa juventude pela falta de uma escola pública de qualidade para todos. A vulnerabilidade social não pode tirar dos nossos alunos a dignidade humana. É essa a nossa bandeira e por isso que temos que lutar”.


Reprodução Nova Escola


O Prêmio

O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita. A premiação reconhece e valoriza professores da educação infantil ao ensino médio e também coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país. Desde 2018, o Prêmio Educador Nota 10 é associado ao Global Teacher Prize, prêmio global de Educação.Professora de SC é recebe o prêmio Educador Nota 10. 

Neste ano, foram mais de 4,8 mil projetos inscritos.