SEGURANÇA

  • 04/10/2019 (14:51:21)

  • Correio do Povo

ATAQUE FRUSTRADO

Polícia frusta possível ataque à escola em Nova Santa Rita

Um adolescente foi identificado como mentor intelectual de atentado que ocorreria em outubro

Um possível ataque a uma escola de Nova Santa Rita foi frustrado pela Polícia Civil. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira e ainda indica que o mentor intelectual do crime seria um adolescente. O atentado estaria marcado para ocorrer durante o mês de outubro. A suspeita é de que seria usada uma arma branca

Policiais civis, liderados pelo delegado Mário Souza, tiveram apoio de integrantes da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Canoas, além do Departamento de Polícia da Região Metropolitana e do setor de inteligência do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM). 

Durante a ação foram apreendidas uma réplica de pistola, desenhos, DVDs, livros, revistas e suásticas, todos com temática nazista, além de foto do ditador chileno Augusto Pinochet e da autobiografia de Adolfo Hitler. Conforme Mário Souza, o trabalho investigativo monitorou o adolescente. Posteriormente, foram identificados “perfis em redes sociais que eram abastecidos com propaganda nazista, neonazista, Ku Klux Klan, manifestação xenofóbica e racista, além de farto material similar aparentemente ao ataque a escola que ocorreu em Suzano, em São Paulo”.


 

Segundo Souza, a ação foi pontual para “frustrar de maneira rápida uma possível ação criminosa”. Para ele, “o material sobre o nazismo e a máscara apreendida chamaram a atenção”. O prosseguimento do caso ficará a partir de agora com o Ministério Público e Poder Judiciário. “Fizemos a nossa parte. O objetivo foi impedir a menor possibilidade de que um atentado pudesse acontecer. Não podíamos ser omissos”, resumiu, admitindo que será apurada uma eventual ligação ou não do adolescente com alguma organização neonazista. O nome do estabelecimento de ensino não foi divulgado por questão de segurança.