ESPORTES

  • 11/10/2019 (14:51:05)

  • GZH

  • Fotógrafo: Guerrero foi expulso após xingar o quarto árbitro Maga Jr / Lancepress!

PUNIÇÃO

Guerrero e Roberto Melo são suspensos por incidentes em derrota do Inter para o Flamengo

Punição de dois jogos não afetará participação do peruano no Brasileirão

Guerrero foi expulso após xingar o quarto árbitro Maga Jr / Lancepress!


O centroavante Paolo Guerrero e o vice de futebol do Inter, Roberto Melo, foram punidos em julgamento realizado pelo pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta sexta-feira (11), em razão dos incidentes na derrota para o Flamengo, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O peruano pegou gancho de dois jogos, enquanto o dirigente foi suspenso por 30 dias.  

Na prática, a punição não afetará a participação de Guerrero no Brasileirão. O peruano já cumpriu um jogo da suspensão automática, no empate com o Palmeiras, no Beira-Rio. A segunda partida será no domingo, diante do Santos, quando ele já não estaria à disposição de qualquer forma por estar com a seleção peruana. Roberto Melo foi suspenso por desrespeitar a arbitragem. 

Denunciado por desrespeitar a arbitragem e provocar a torcida do Flamengo, Guerrero poderia pegar até 18 partidas de suspensão. Ele acabou condenado apenas na primeira denúncia. O centroavante prestou depoimento por  videoconferência nesta sexta-feira e negou ter feito um gesto obsceno para os torcedores rubro-negros.

— Não fiz ato obsceno. Eu jogo com um calção e um "negócio" para proteger minhas genitais,  que incomoda e sempre me pego tentando ficar cômodo. Quando estava saindo, falaram que fiz ato obsceno. Posso mostrar quantas vezes fiz isso em outros jogos. Quero aceitar minha culpa e minha atitude que me dirigi ao quarto árbitro. Para árbitro principal, só reclamei, mas para o quarto árbitro, sim (mostrei o dedo) — disse.

O técnico Odair Hellmann, demitido na quinta-feira (10), e o lateral-direito Bruno, expulso na derrota para o Flamengo, também foram julgados nesta sexta-feira. O jogador levou uma advertência, enquanto o treinador foi absolvido da denúncia por desrespeito.