SEGURANÇA

  • 05/11/2019 (22:24:43)

SENTENÇA

Homem que matou Rogério Soccol é condenado a 44 anos de prisão

O assaltante Bruno Máximo de Campos(22), foi condenado pela Justiça de Erechim a 44 anos de prisão pela morte do empresário Rogério Soccol(54), que foi morto ao reagir um assalto na empresa da família, na rua Valentim Zambonato, no centro de Erechim.  O crime que comoveu a cidade aconteceu no final da tarde do dia 21 de fevereiro deste ano. 

O empresário reagiu ao assalto na loja,  praticado por Bruno que ja estava de saída, na rua, quando foi abordado pelo empresário. O bandido foi preso momentos depois do crime. Ele foi condenado por crime de latrocínio e roubo. Na época do crime Bruno estava foragido do Presídio de Erechim.