ESTADO

  • 18/11/2019 (15:10:09)

  • GZH

CONTROLE DE VELOCIDADE

PRF propõe instalação de radares fixos na Freeway, BR-386 e BR-101

Controladores de velocidade estão previstos em contrato que a CCR ViaSul assinou com a ANTT

Ronaldo Bernardi / Agência RBS


Em até três meses, a BR-101, a BR-386 e a Freeway vão ganhar radares fixos para medir a velocidade dos veículos. A instalação dos controladores está estipulada no contrato que foi assinado pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) e a CCR ViaSul. Nele há prazo até 15 de fevereiro para que pardais e lombadas estejam fixados nas rodovias federais administradas pela empresa. 

A aquisição de 20 equipamentos - quatro lombadas eletrônicas e 16 radares fixos - caberá à CCR ViaSul. Os pontos de instalação serão validados pela ANTT.

A empresa encaminhou solicitação de estudo por parte da superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul (PRF-RS) para que fossem apontados os locais onde os controladores serão colocados. A CCR ViaSul informa que também aguarda retorno do estudo que foi entregue para a ANTT em agosto.

Deste total, a PRF já apontou 13 locais, com base em estatísticas que apontam maior número de acidentes e mortes. Seis deles estão previstos na BR-386. Outros quatro na BR-101. Já a freeway ganhará três controladores. Um deles em Porto Alegre. A precisão exata dos equipamentos está sendo construída pela PRF. Pelo menos por enquanto, não há previsão de instalação de radares fixos na Rodovia do Parque.

A BR-101, a BR-386 e a Rodovia do Parque estão sem controladores de velocidade ao menos desde fevereiro. Como estas rodovias passaram a ter controle de uma empresa privada, o Departamento Nacional de Transportes Terrestres (Dnit) precisou determinar a retirada dos radares que existiam. Já a freeway vai ganhar controladores fixos pela primeira vez. Na época da Triunfo Concepa apenas radares móveis, da PRF monitoravam a velocidade dos veículos.