ESPORTES

  • 22/11/2019 (15:55:43)

  • CP

Inter deve priorizar uso de jogadores da base em 2020

Nomes como o atacante João Peglow, campeão mundial pela Seleção sub-17, devem receber chances no time principal


O Inter termina 2019 com um grupo inchado. Segundo o site oficial do clube, há 39 jogadores à disposição de Zé Ricardo neste momento. O número não mudará nem para menos nem para mais até o final do Campeonato Brasileiro, mas deverá sofrer uma redução em 2020. Além disso, o clube deve priorizar o aproveitamento de atletas formados ou com passagem pelas categorias de base, como João Peglow, atacante que usou a camisa 10 da Seleção Brasileira na conquista do título mundial sub-17, na semana passada.

O Inter precisa reduzir o grupo para, por mais contraditório que pareça, fazer novas contratações. Peças pouco utilizadas, como Rithely, Santiago Tréllez e Neílton, além de outras que fracassaram, como Guilherme Parede, Wellington Silva e Klaus, devem deixar o clube. Os quatro primeiros tem contrato até dezembro e não renovarão. Os dois últimos precisam ser envolvidos em negociações, pois possuem vínculo mais longo com o Inter. 

“Há alguns contratos se encerrando. No nosso planejamento, alguns desses jogadores não ficarão, abrindo espaço para novos investimentos. Sempre pensamos no equilíbrio financeiro do clube aliado ao aprimoramento do clube e, a cada ano, a gente melhorou o grupo. O elenco de 2018 era melhor do que o de 2017 e o de 2019 é melhor do que o de 2018. Agora, precisamos de peças pontuais para dar um salto de qualidade em 2020”, enfatizou, recentemente, o presidente Marcelo Medeiros.

O clube também pode desfazer-se de alguns titulares. Patrick interessa ao futebol da Turquia desde o meio da temporada. Agora, a saída dele pode ser facilitada. O agente do volante, Marcelo Robalinho, está na Europa neste momento e pode trazer uma proposta concreta ao Inter.

"Interesse (de jogar na Europa), eu tenho. Mas por enquanto, não sei de nada. Hoje, o meu empresário está lá fazendo o seu trabalho. Se tiver que vir notícia boa para mim e para o Inter, tudo bem. Hoje eu acredito que não tenha nada”, disse Patrick, ontem à tarde, em entrevista. Outro titular em boa parte do ano que deve sair é Nico López. O jogador, dono de um dos maiores salários do elenco, deve ser vendido para o Tigres, do México.