POLÍTICA

  • 04/02/2013 (15:23:00)

HENRIQUE ALVES

Na ausência de Dilma e Michel Temer eis o presidente do Brasil

Apesar das denúncias que levaram à abertura de investigação pelo Ministério Público Federal, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi eleito o novo presidente da Câmara dos Deputados, em votação secreta nesta segunda-feira (4), e vai presidir a Casa no biên



Apesar das denúncias que levaram à abertura de investigação pelo Ministério Público Federal, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi eleito o novo presidente da Câmara dos Deputados, em votação secreta nesta segunda-feira (4), e vai presidir a Casa no biênio 2013-2014. Ele teve 271 votos, contra 165 de Júlio Delgado (PSB-MG), 47 de Rose de Freitas (PMDB-ES) e 11 de Chico Alencar (PSOL-RJ).
Estavam presentes na sessão em que Alves foi eleito 497 dos 513 deputados. Houve ainda três votos em branco.O presidente da Câmara é o segundo na linha sucessória da Presidência da República, atrás apenas do vice-presidente. O candidato da presidente Dilma, do PT e do PMDB é o sucessor do deputado Marco Maia. Ele é o parlamentar com o maior número de mandatos consecutivos na Casa — 11 — e está a um mandato de atingir o recorde do ex-deputado Manoel Novaes (BA), que participou de 12 legislaturas não consecutivas entre 1933 e 1982.
Assim como o recém-eleito presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), Alves tem sido alvo de várias denúncias de irregularidades, às quais ele atribuiu ao "jogo pré-eleitoral". Ele deve ser julgado no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte ainda este mês por improbidade administrativa. Em seu discurso de posse, já na cadeira do presidente, Henrique Alves defendeu ainda o resgate da auto estima dos parlamentares, alvo, segundo ele, de "críticas absurdas, descabidas".



Fonte: Legonline