ESPORTES

  • 29/03/2013 (04:00:00)

  • Prime Comunicação

Airton Folador

Presidente do Atlântico se mostra otimista com organização da Taça Brasil de Futsal

Erechim recebe entre os dias 31 de março e 6 de abril a 40ª edição da Taça Brasil de Clube, na sua divisão principal

Erechim recebe entre os dias 31 de março e 6 de abril a 40ª edição da Taça Brasil de Clube, na sua divisão principal. O clube organizador do evento é o Atlântico que já tem histórico importante nas competições de futsal no RS e no Brasil, tendo inclusive já competido em nível internacional.

Mas a organização da Taça Brasil será o maior evento que o Atlântico já fez em Erechim ligado ao futsal. O presidente do Clube Esportivo e Recreativo Atlântico, Airton Folador, se mostra empolgado com a realização deste evento. “Nossas expectativas em relação a Taça Brasil Correios de Futsal são as melhores. Pela primeira vez Erechim e a região terão a oportunidade de ver em ação as melhores equipes do salonismo brasileiro juntas, numa competição que vale vaga para a disputa do Campeonato Sul-americano de Futsal. Então, todas as equipes que estarão em Erechim darão o máximo para alcançar o título e projetar o seu nome ainda mais longe. Também não podemos esquecer que, se tomarmos por base a última convocação da Seleção Brasileira de Futsal, dos 15 atletas chamados, no mínimo nove estarão em Erechim, o que, por si só, dá uma dimensão da qualidade desta competição”, destaca o presidente.

De acordo ele, Erechim sempre teve grandes equipes e uma vitoriosa tradição no futsal, inclusive com uma conquista mundial (a equipe Peccin/Bekos foi campeã mundial das indústrias, decidindo o título na cidade de Copenhagem - Dinamarca). “Com a realização desta Taça Brasil em nossa cidade, voltaremos a incentivar os jovens a praticar este esporte, semeando em cada um deles a certeza de que é possível alcançar sucesso em outros esportes, além do futebol de campo. Erechim deve se orgulhar muito desde evento que, a exemplo de outros que ocorrem aqui, trará a atenção da mídia para a nossa cidade por mais de uma semana, movimentando hotéis, restaurantes, lojas e toda a cadeia econômica do nosso município”, acrescenta Folador. 

Organizar o evento

O Atlântico colocou sua estrutura a disposição da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) juntamente com outras cidades e clubes interessados. Airton destaca o trabalho que o clube erechinense fez para garantir que o torneio acontecesse em Erechim este ano. “Quando disputamos a edição anterior da Taça Brasil, na cidade de Joinville, no final do ano passado, nos perguntamos: porque não levar este evento para Erechim? Nossa equipe de trabalho e nossos colaboradores sempre gostaram de desafios, de buscar o novo. Aliado a tudo isso, o Atlântico possui uma excelente reputação perante a Confederação Brasileira de Futsal, a Federação Gaúcha e todas as equipes de disputam a Liga Nacional. Com todo este apoio e a garantia de que realizaríamos aqui uma excelente competição, o Comitê decisório foi unânime em conceder ao Atlântico o direito de sediar a competição”, enfatiza Airton.

Para ele, outro aspecto que motivou o Clube a buscar o evento para Erechim foi a maturidade alcançada pela participação na Liga Nacional. “Com tudo o que já aprendemos, era chegada a ora de recebermos uma competição deste quilate, o que foi reconhecido pela Confederação Brasileira. Foi uma conquista para o Atlântico, para Erechim e para toda a região, mas de forma responsável e madura”. 

Momento importante

Hoje o Atlântico é conhecido em todo Brasil por vários esportes, mas nos últimos anos tem se destacado no futsal. Airton analisa o atual momento vivido pelo clube no cenário esportivo. “Como já dito, a nossa equipe e a Diretoria de Futsal do CER Atlântico conquistaram, com muito trabalho, suor, sacrifício e resultados, amplo reconhecimento em todas as esferas do futsal brasileiro. Hoje, nossa equipe é respeitada de norte a sul do Brasil e ninguém entra em quadra para enfrentar o Atlântico achando que o jogo “...já está ganho”. Mas esta postura de seriedade e dedicação sempre foi, talvez, a maior característica de todas as nossas equipes, independente de qual esporte estejamos falando. Já sediamos aqui, dentre outros, Campeonatos Estaduais, Sul Brasileiros, Brasileiros e Sulamericanos de Natação. Também o vôlei e o tênis já sediaram importantes competições. O Departamento de Bocha, por exemplo, já trouxe para Erechim disputas estaduais, nacionais e internacionais, como o Mundialito de Bochas, em 1996, com a participação de equipes sulamericanas e européias. Enfim, o CER Atlântico já tem experiência em organizar e sediar grandes competições. Todo este conhecimento e as pessoas que já estiveram envolvidas em todas estas competições estarão à trabalho desta Taça Brasil”, encerra Airton.