Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/AMAU
Economia
AMAU e Amunor se unem pelo asfaltamento da RS 477
Dos 20 km sem asfalto, 8 km estão entre Áurea e Centenário e 12 km entre Centenário e Carlos Gomes.
Salus Loch/Assessoria
por  Salus Loch/Assessoria
19/02/2021 18:25 – atualizado há 52 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Integrar o Alto Uruguai e o Nordeste do Rio Grande do Sul, desenvolvendo ambas as regiões por meio da pavimentação do trecho de 20 km de estrada de chão da RS 477, é uma das metas do movimento liderado pelas lideranças da AMAU e da Amunor, que estiveram reunidas nesta desta sexta-feira, 19, em Erechim.

O encontro, coordenado pelo vice-presidente da AMAU e prefeito de Centenário, Neninho, contou com a presença dos presidentes da AMAU e prefeito de Erechim, Paulo Polis, e da Amunor e prefeito de Barracão, Aldir Zanella da Silva, além de prefeitos, vices e representantes de Carlos Gomes, Cacique Doble, São João da Urtiga, São João da Urtiga e Maximiliano de Almeida; presidente da Accie, Fábio Vendruscolo; o gerente regional da Emater, Gilberto Tonello; ex-prefeitos; e assessores de ambas as entidades.

Saiba mais

# Dos 20 km sem asfalto da RS 477, 8 km estão entre Áurea e Centenário (que já contam com projetos executivos e ambientais aprovados); e outros 12 km entre Centenário e Carlos Gomes. A pavimentação, no entanto, serviria para unificar Alto Uruguai e Nordeste, facilitando trocas econômicas, além de beneficiar usuários de serviços de saúde e educação.

# Ao término da reunião foi constituído um grupo de trabalho que definiu os próximos passos do movimento. A meta é apresentar uma proposta ao governo do Estado ainda no mês de março.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...