Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Prefeitura de Barra do Rio Azul/Divulgação
Cidade

Barra do Rio Azul encaminha projetos para reconstrução após enchente

O prefeito Marcelo Arruda participou de reunião virtual mediada por representantes do governo federal. O município deve receber R$ 6 milhões para os trabalhos de recuperação

Redação/com informações da Prefeitura de Barra do Rio Azul
por  Redação/com informações da Prefeitura de Barra do Rio Azul
01/02/2024 10:29 – atualizado há 51 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O prefeito de Barra do Rio Azul, Marcelo Arruda, participou de uma importante audiência virtual com a Secretaria Nacional da Defesa Civil na manhã de quarta-feira, 31. A reunião foi mediada pela equipe do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, e teve como principal objetivo alinhar projetos para contribuir com a reconstrução do município, que sofreu impactos significativos devido às enxurradas em 3 de novembro do ano passado, ocasionando prejuízos consideráveis em diversas áreas.

O encontro focou especificamente em projetos que estão em tramitação em Brasília, referentes à reconstrução de cinco pontes e uma pinguela no município, as quais foram arrastadas pela força da chuva. O prefeito Arruda destacou a importância dessas estruturas, ressaltando que a ausência das pontes tem causado diversos transtornos aos moradores das comunidades afetadas, prejudicando o acesso à saúde, educação e escoamento da produção local.

Durante a reunião, a equipe de Engenharia da Secretaria Nacional da Defesa Civil solicitou mais alguns esclarecimentos para concluir a análise. O prefeito expressou otimismo ao afirmar que a expectativa é de que, até fevereiro, os recursos necessários, totalizando R$ 6 milhões, sejam liberados para a execução dos projetos de reconstrução das pontes.

Marcelo Arruda destacou a parceria efetiva do Governo Federal com Barra do Rio Azul, que tem prestado auxílio financeiro para diversas ações, incluindo a destinação do lixo decorrente das enxurradas, desobstrução de estradas e outros serviços afetados pelo desastre natural.

A audiência contou com a participação do secretário da Administração, Anderson Bagatini, da Chefe de Gabinete substituta da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, Paloma Ramos da Silva, e do Engenheiro da Defesa Civil, Limber Ocampo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE