Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
FESTIVAL DE URUGUAIANA | A renovação passa pela Califórnia da Canção e consagra talentos jovens
Em 2018, o evento não conseguiu realizar captação via leis de incentivo. No entanto, diferentemente do ano anterior, a organização decidiu realizar o festival, mesmo com orçamento mais enxuto
Redação
por  Redação
08/12/2019 23:44 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade


Nicole Carrion, de 22 anos, ganhou o prêmio de melhor intérprete

A renovação passou pela Califórnia da Canção Nativa neste final de semana. Entre os premiados da 41ª edição estão talentos que começaram a despontar na Califórnia Petiça, versão mirim do festival, que também ocorre em Uruguaiana. É o caso da cantora Nicole Carrion, de 22 anos, que ganhou o prêmio de melhor intérprete.

Nicole defendeu a faixa Guria, espécie de versão feminina do clássico Guri, famoso na voz de César Passarinho — a letra dá voz à “filha do Seu Bento”, citada na composição dos irmãos Júlio e João Batista Machado.

Guria tem melodia de Jaime Ribeiro e letra de Maxsoel Bastos de Freitas. Nicole afirma que se sente representada pela faixa, mesmo escrita por homens:

—É uma letra que dá protagonismo a uma personagem feminina. Além disso, a “guria” da letra quer ser professora, um ofício fundamental para a sociedade, mas que infelizmente não é valorizado como merece.

Além de Nicole, a banda contava com outro talento que frequentava a Califórnia Petiça, o acordeonista Leonardo Schneider, de apenas 13 anos. Guria ganhou a Calhandra de Prata e o prêmio do júri popular.


Calhandra de Ouro ficou com "Leilão de Aperos", com letra de Flávio Saldanha e melodia de Nilton Ferreira


Já a Calhandra de Ouro, prêmio mais alto do festival, ficou com Leilão de Aperos, com letra de Flávio Saldanha e melodia de Nilton Ferreira. A música trata de um homem do campo que, em decadência financeira, precisa vender instrumentos de sua lida. 

—Estamos vivendo em um tempo em que a valorização do trabalhador rural está deixando a desejar. Temos a recente reforma da Previdência, por exemplo, que veio a cortar muitos direitos — explica Flávio Saldanha. 

Novidades

Como em 2018, a Califórnia não conseguiu realizar captação via leis de incentivo. No entanto, diferentemente do ano anterior, a organização decidiu realizar o evento, mesmo com orçamento mais enxuto. E, apesar das limitações, o festival conseguiu um público maior e mais engajado do que o da edição precedente.

Na grande final, os ingressos para a plateia se esgotaram. O preço acessível dos bilhetes — entre R$ 15 e R$ 25, aproximadamente metade do valor de 2017 — foi um dos responsáveis pela alta procura, mas não o único. O evento também se aproximou da comunidade ao promover uma noite exclusivamente voltada aos compositores de Uruguaiana, bem como visitou colégios das redes pública e privada para divulgar o evento e buscar voluntários.

— Buscamos nos aproximar da cidade e renovar o público. Não adianta nada a gente dizer que quer o público jovem, mas não ir em busca dele — afirma o coordenador Ivoné Emilio Colpo. 

Para diminuir os gastos, quase todos os shows de convidados foram cortados. Para compensar, nas duas primeiras noites cada grupo concorrente realizava a apresentação de uma faixa a sua escolha. A maior parte deles escolheu faixas que fizeram sucesso em Califórnias anteriores. A fórmula funcionou bem e deve se repetir nos próximos anos.

— O público quer ver os shows dos participantes. E as escolhas deles acabaram formando um retrospectiva das Califórnias — avalia Ivoné.

Vencedores da 41ª Califórnia da Canção Nativa

  • Melhor melodia Querência Morena - Lenin Nunes

  • Instrumentista - Felipe Goulart 

  • Letra - Leilão de Aperos - Flávio Saldanha

  • Intérprete - Nicole Carrion - Guria 

  • Júri popular Guria - Maxsoel Bastos de Freitas e Jaime Ribeiro

  • Calhandra de Bronze - O Anjo e o Louco - Vaine Darde e Lenin Nunes

  • Calhandra de Prata Guria - Maxsoel Bastos de Freitas e Jaime Ribeiro

  • Calhandra de Ouro Leilão de Aperos - Flávio Saldanha e Nilton Ferreira

Colaborou: GZH

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE