Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
PORTO ALEGRE | Após assembleia ao ar livre na Capital, Policiais Civis do RS decidem entrar em greve a partir do dia 16
Policiais civis do Estado protestam contra o pacote de medidas apresentado pelo governador Eduardo Leite, que prevê mudanças nas carreiras e na...
Redação
por  Redação
10/12/2019 17:41 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

Policiais civis do Estado protestam contra o pacote de medidas apresentado pelo governador Eduardo Leite, que prevê mudanças nas carreiras e na previdência dos servidores públicos estaduais. Os agentes caminham até o Palácio Piratini, onde será realizado um ato público.

Em assembleia ao ar livre, diante do Palácio da Polícia, os servidores da Polícia Civil decidiram que vão entrar em greve na segunda-feira (16), por tempo indeterminado, caso o pacote de medidas seja votado na terça-feira (17). Se a votação for adiada, a paralisação também será. Durante a paralisação, será mantido 30% do efetivo nas delegacias para atender casos de emergência. Outra decisão tomada na assembleia é de não participar de operações nesta semana. 

O pacote de medidas apresentado pelo governador Eduardo Leite traz mudanças nas carreiras e na previdência dos servidores públicos estaduais.

Nesta terça, Leite está em Brasília, onde tem audiências com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso. O retorno à Capital está previsto para quarta-feira (11).

A manifestação é organizada pelo Ugeirm, sindicato que representa investigadores, escrivães e inspetores da Polícia Civil. 

Colaborou: GZH

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE