Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
ERVA MATE TEM BAIXA PRODUTIVIDADE NO ALTO URUGUAI | Barão de Cotegipe e Getúlio Vargas sediam Tarde de Campo sobre Erva-Mate
O município de Barão de Cotegipe é o maior produtor, com 1.152 ha e Getúlio Vargas possui 370 ha.
Redação
por  Redação
19/09/2019 15:28 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

Nas últimas terça e quarta-feira (17 e 18/09), foram realizadas capacitações sobre erva-mate para produtores e técnicos nos municípios de Barão de Cotegipe e Getúlio Vargas, com a presença de 150 participantes. Em Barão de Cotegipe, o prefeito Vlademir Farina e o gerente adjunto da Emater/RS-Ascar de Erechim, Marcos Gobbo, prestigiaram a atividade.

As tardes de campo foram coordenadas pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Luiz Angelo Poletto, e pelos escritórios municipais de Barão de Cotegipe e Getúlio Vargas, têm o objetivo de qualificar os produtores nas podas de formação, produção e manejos dos ervais.

A região do Alto Uruguai possui em torno de 7 mil ha de erva-mate e baixa produtividade por hectare, em torno de 500 arrobas/ha/ano. A região possui o 2º polo agroindustrial de erva-mate do RS. O município de Barão de Cotegipe é o maior produtor, com 1.152 ha, e Getúlio Vargas possui 370 ha. As práticas realizadas no campo forma ministradas pelo engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Ilvandro Bareto de Melo, coordenador Técnico do Projeto Erva-mate.

Assessoria/Emater

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE