Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/BM
Segurança
Casal e filho são assassinados a tiros na zona Sul de Porto Alegre
A Polícia Civil já identificou o suspeito. O delegado Gabriel Oliveira Bicca, informou, que a expectativa é de que ele se entregue.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
26/01/2020 22:51 – atualizado há 24 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

A tarde ensolarada deste domingo foi marcada por uma ocorrência trágica no Extremo Sul de Porto Alegre. Um homem e uma mulher, pais de dois filhos, foram assassinados na frente deles dentro de um carro da família, um Citroën Aircross, na Estrada do Varejão, bairro Lami. A família retornava de um passeio matinal nas praias da Capital. Posteriormente, o filho deles também morreu.

De acordo com a Brigada Militar, o casal foi assassinado a tiros. A Estrada dá acesso à Praia do Lami e também ao Parque Florestal Itapuã. Um dos filhos, Gabriel Zanetti, ficou gravemente ferido e chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu. O outro filho do casal, de 8 anos, e a namorada de Gabriel, que também estavam no carro, não sofreram ferimentos.

O casal assassinado foi identificado como Rafael Zanetti Silva, 45 anos, e a esposa dele, que também morreu no local, Fabiana da Silveira Innocente Silva, 43. A BM foi acionada por moradores da região que ouviram os tiros por volta das 15h. De acordo com a Brigada, as circunstâncias do crime ainda não foram esclarecidas. Testemunhas relataram aos policiais militares que tudo aconteceu muito rápido.

Após a colisão entre o Citroën e uma Ford EcoSport, o condutor deste último teria ficado alterado e após seguir a família por alguns metros, cortou a frente do Citroën, forçando a parada. O condutor da EcoSport desceu, sacou a arma que levava consigo e disparou contra Rafael e os demais ocupantes do veículo.

Não há confirmação, segundo a BM, sobre a motivação do duplo homicídio. Uma briga de trânsito está entre as hipóteses.

Suspeito foi identificado pela polícia

A Polícia Civil já identificou o suspeito de matar um casal e o filho mais velho na tarde deste domingo na zona Sul de Porto Alegre. O Diretor da Divisão de Homicídios, delegado Gabriel Oliveira Bicca, informou, em entrevista à Rádio Guaíba, que a expectativa da Polícia Civil é de que ele se entregue.

"Ele (o suspeito) cometeu o maior erro da vida dele. É melhor ele assumir a responsabilidade do que viver se escondendo", afirmou. Conforme o delegado, uma representação de medida cautelar será entregue ao Judiciário. Ainda segundo ele, trata-se de um homem, jovem, de uma família "que se dedica a atividades lícitas". "Em algum momento ele vai ser preso", garantiu.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE