Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Política
Chapa única se confirma na candidatura à prefeitura de Caxias do Sul
Flavio Cassina (PTB) e Elói Frizzo (PSB) se confirmam como únicos candidatos.O prazo para inscrição de candidatos se encerrou às 17h desta quinta-feira (2).
O Pioneiro
por  O Pioneiro
02/01/2020 23:01 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

A Câmara de Vereadores de Caxias do Sul confirmou a chapa formada por Flavio Cassina (PTB) e Elói Frizzo (PSB) como única para concorrer à prefeitura municipal na eleição indireta na próxima quinta-feira, dia 9. O prazo para inscrição de candidatos se encerrou às 17h desta quinta-feira (2). A confirmação de chapa única era a tendência apontada nos bastidores da Câmara.

Durante os atos de posse da Mesa Diretora e transferência do cargo de prefeito ocorridos na tarde desta quinta-feira, Cassina antecipou a candidatura e, indiretamente, sugeriu a eventual retomada de posse da prefeitura em discurso:

— Não sabemos se retornaremos, mas, neste período (à frente do Executivo) fizemos o que fosse possível, alguns encaminhamentos importantes porque a cidade não pode parar. Se no dia 9 tivermos o apoio dos colegas vereadores vamos assumir essa missão com muita força e vigor ao lado do nosso companheiro Elói Frizzo — afirmou.

A eleição indireta foi instaurada após a cassação de Daniel Guerra (Republicanos), ocorrida em 22 de dezembro de 2019. A votação para os novos mandatários será na semana que vem, dia 9, na Câmara de Vereadores e será exclusividade dos parlamentares.

A eleição

Quando: Sessão-extraordinária, dia 9 de janeiro, às 8h30min

:: Os candidatos poderão usar da tribuna antes do início da votação pelo tempo máximo de cinco minutos.

:: A votação será nominal, em ordem alfabética dos vereadores, sendo eleito o candidato que obtiver maioria absoluta.

:: Serão feitas tantas votações quantas forem necessárias para atingir a maioria absoluta (12 votos).

:: O presidente da Câmara dará posse ao prefeito e ao vice-prefeito eleitos na forma da Lei Orgânica e do Regimento Interno.

:: O novo prefeito assume até 31 de dezembro de 2020.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE