Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Com recursos do IPVA, Piratini quita folha de novembro em 30 de dezembro
Esta foi a 48ª vez, desde julho de 2015, que o Palácio Piratini não consegue pagar 100% dos salários em dia. Salários de dezembro serão pagos até o dia 14 de janeiro.
Rádio Guaíba
por  Rádio Guaíba
30/12/2019 19:31 – atualizado há 12 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O governo do estado confirmou, nesta tarde, que a folha referente ao mês de novembro do Poder Executivo será quitada ainda nesta segunda-feira. A previsão inicial do Tesouro do Estado era quitar esta folha em 3 de janeiro. Com isso, a totalidade dos salários de novembro estará nas contas dos servidores até a noite de hoje. Durante a campanha eleitoral, o governador Eduardo Leite reiterou a promessa de colocar em dia os salários dos servidores a partir de 2020.

A quitação da folha de novembro antes da virada do ano foi possível pela antecipação de arrecadação do IPVA 2020, cujo último dia de pagamento com desconto máximo ocorre nesta segunda-feira, além do ingresso de recursos da cesta básica.

Como reflexo da arrecadação do Estado, mais de metade dos servidores do Executivo terá seus salários de dezembro quitados até o dia 10 de janeiro. O saldo de dezembro segue com previsão para 14 de janeiro.

Calendário de dezembro

No mês de dezembro, o pagamento do funcionalismo será realizado exclusivamente no sistema de grupos. Quem recebe líquido até R$ 2.700 terá o salário quitado no dia 10 de janeiro, o que representa 57% dos vínculos. Os contracheques de quem recebe até R$ 5.500 líquidos serão depositados no dia 13 de janeiro. A quitação total da folha de dezembro está prevista para o dia 14 de janeiro.

13º salário

O Tesouro também depositou hoje a última parcela do 13º salário de 2018. O benefício de 2019 vai ser mais uma vez parcelado em 12 vezes. Até 15 de janeiro, servidores podem procurar o Banrisul para antecipar o recebimento do 13º via empréstimo. O governo estadual arca com os juros e taxas da operação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE