Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
Espécie de lagarta chama atenção de agricultores no Oeste de SC
A taturana é venenosa e pode causar queimaduras na pele
Redação
por  Redação
03/12/2019 15:23 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade


Uma lagarta com uma aparência um tanto quanto inusitada foi encontrada na segunda-feira (2), na área de uma casa, na Linha Jaboticaba, interior de Iporã do Oeste (SC). A taturana tem uma espécie de pelo e é venenosa.

Conforme o biólogo da Unoesc, Jackson Preuss, trata-se da lagarta “Podalia Orsilochus”, conhecida popularmente como “lagarta cachorrinho”. O biólogo disse que o contato com a lagarta pode causar queimaduras na pele. Conforme Preuss, apesar de não ser muito comum, essa espécie pode ser encontrada na região.

A imagem da lagarta foi capturada na propriedade da agricultora Catarina Ruscheinsky Jantsch.

Orientação

O contato dos pelos da taturana com a pele humana pode provocar queimadura. Por isso a orientação do biólogo é evitar encostar nela.

O Ministério da Saúde orienta que, em contato com animais peçonhentos – a exemplo de lagartas, a pessoa deve sempre procurar atendimento médico. A identificação da espécie causadora da queimadura ajuda no tratamento. Para aliviar os sintomas, a orientação é lavar o local com água abundante. Não se deve passar produtos sobre o ferimento, como álcool, pasta de dente, combustíveis, pois não possuem efeitos contra o veneno e podem complicar a situação. Também deve-se evitar espremer ou coçar a ferida.

Portal Peperi

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE