Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Entretenimento
HEROÍNA DA VIDA REAL | Heley, a heroína que vale a pena ser lembrada e homenageada
Há 2 anos atrás, o vigilante de uma creche ateou fogo em si mesmo e em outras crianças em uma cidade de Jarnaúba, no interior de Minas. Herley, evitou que a tragédia fosse ainda maior.
Redação
por  Redação
05/10/2019 16:46 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade


Há 2 anos atrás, o vigilante de uma creche ateou fogo em si mesmo e em outras crianças em uma cidade de Jarnaúba, no interior de Minas.

Infelizmente, dez crianças foram mortas e a tragédia só não foi maior, devido a coragem de  Heley de Abreu, que se agarrou ao vigilante para impedir que ele continuasse o ataque na creche. Heley teve 90% de seu corpo queimado e acabou morrendo mais tarde no hospital. O vigilante e outras duas funcionárias da escola também foram a óbito.

O ato heróico de Heley de Abreu comoveu o país e ela foi homenageada com a Ordem Nacional do Mérito, na época pelo então presidente, Michel Temer. Mais tarde, a honraria “Medalha da Inconfidência” foi concedida à ela, pelo  governador de Minas Gerais Romeu Zema. Heley também virou nome de uma rodovia de seu estado.

Colaborou: MBL

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE