Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
PREFEITO DE MARIANO VAI RECORRER SEM DEIXAR O CARGO | Justiça em Erechim condena Fantin por suposta perseguição política a servidora
Prefeito ainda não foi notificado, vai recorrer e permanece com atividades normais
Redação
por  Redação
21/08/2019 13:11 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O Poder Judiciário de Erechim julgou procedente ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público, condenando o Prefeito Municipal de Mariano Moro, Irineu Fantin, por desvio de finalidade e/ou poder, por perseguição política de servidora pública concursada. 

Segundo os fatos, Irineu Fantin transferiu servidora pública que não o apoiara em campanha política para uma sala isolada e sem estrutura para o trabalho, indicando, assim, a motivação política de seu ato. 

A sentença judicial condenou Irineu Fantin às sanções de suspensão de direitos políticos por 03 (três) anos e pagamento de multa civil no equivalente a 10 (dez) vezes o valor da remuneração recebida pelo Prefeito. Cabe recurso da decisão em primeira instância. 

A defesa do Prefeito de Mariano Moro vai emitir nota nas próximas horas sobre a decisão da Justiça em Erechim e sobre o recurso. O prefeito ainda não foi notificado e fica no cargo normalmente enquanto tramitar recurso em outras instâncias. 

Fotografo: Auonline

Fotografo: Auonline

MP/redação

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE