Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Esporte
Três torcidas coloradas envolvidas em confusão são suspensas pela Justiça
A punição é válida independentemente do estádio em que clube atuar. As torcidas punidas foram a Guarda Popular, a Camisa 12 e a torcida Só Eles.
GZH
por  GZH
17/01/2020 14:48 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

Em virtude da briga ocorrida no dia 8 de dezembro após a partida entre Inter e Atlético-MG e da operação deflagrada nesta sexta-feira (17) com 16 mandados cumpridos contra torcedores do clube, o poder judiciário suspendeu três torcidas organizadas do Inter provisoriamente por 120 dias. 

A punição é válida independentemente do estádio em que clube atuar. As torcidas punidas foram a Guarda Popular, a Camisa 12 e a torcida Só Eles. O despacho do juiz Marco Aurélio Martins Xavier, da 14ª Vara Criminal e Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, afirmou no despacho:

"Determinei a proibição de funcionamento das torcidas organizadas Camisa 12, Guarda Popular e Só Eles, a título de medida cautelar, a proibição de funcionamento, nos estádios onde o Internacional atuar, independente do mando de campo, por um prazo de 120 dias, na vigência da medida, as torcidas organizadas ficarão proibidas de acessarem ao estádio na condição de integrantes, devendo, inclusive, ser bloqueado o sistema de acesso biométrico de todos os integrantes: ficarão proibidas de portar bandeiras, camisetas, faixas, bandeirões e instrumentos musicais, que identifiquem as torcidas".

Conforme o despacho, as torcidas só poderão voltar a atuar normalmente após a conclusão do processo de apuração plena dos fatos, bem como após e, se ocorrer, da conciliação das organizadas em confronto. Caso as recomendações sejam descumpridas, as organizadas terão de pagar multa R$ 5 mil. O Inter teria de arcar ainda com R$ 10 mil.

Relembre o caso

O pátio do Beira-Rio foi palco de duas brigas após a vitória do Inter sobre o Atlético-MG pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Duas pessoas foram presas e outras quatro tiveram de ser levadas para atendimento em hospital.

De acordo com a Brigada Militar, a confusão envolveu integrantes de três torcidas organizadas: Camisa 12, Nação Independente e Guarda Popular. Uma primeira briga ocorreu logo após a partida, no pátio do estádio. Nessa ocasião, duas pessoas foram detidas. Cerca de duas horas depois, alguns membros dessas torcidas voltaram a brigar.

Ainda em dezembro, o clube havia suspendido a torcida organizada Guarda Popular por tempo indeterminado até que as ocorrências registradas fossem esclarecidas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE